Thread Reader
Twitter

ESPECIAL COPA DO MUNDO Atendendo a pedidos, hoje contarei a historia que muitos já sabem... Em 2002, um selecionável comemorou a classificação com a Ótima, "A Musa da Copa". Pegue sua 🍿 e siga o 🧶

No dia 17/06/02 Brasil e Bélgica se enfrentaram pelas oitavas de final da Copa do Mundo. O Brasil venceu a disputa por 2 a 0, no Home's Stadium Kobe. O jogo foi polêmico, principalmente pelo gol anulado pelo árbitro jamaicano Peter Prendergast, aos 17 minutos do primeiro tempo.
O time brasileiro estava aliviado, depois do difícil jogo, os jogadores só queriam comemorar naquele dia. Afinal, o resultado levava o Brasil pela 3ª vez seguida a uma quartas de Copa. Mas um jogador queria algo mais, e logo tratou de iniciar a comemoração antes dos outros.
Segundo fontes, um atacante tinha certa intimidade com a jornalista da 🌎 responsável por cobrir a seleção. Essa jornalista era destaque na concentração dos jogadores, e até foi considerada "musa da Copa" por alguns mais íntimos - dentre eles, obviamente, o atleta em questão.
O jogador era o mais solícito com a imprensa tupiniquim, e claro, com a tal jornalista. Muitas pessoas que acompanhavam o dia-a-dia comentavam que o isolamento causava certa carência em alguns jogadores, alguns mais, outros menos, eles queriam um ENCONTRO.
Mas o ocorrido, em suma, se deu após a sofrida vitória diante da Bélgica, no dia 17 de junho. Alguns jogadores ficaram no campo concedendo as tradicionais entrevistas, o restante - principalmente os reservas - foi para o vestiário afim de festejar e se preparar para partir.
Foi quando a equipe de jornalismo da 🌎 deu falta da sua ÓTIMA jornalista naquela Copa, a que acompanhava a Seleção em todos os momentos. Onde, no então momento mais importante para os jogadores, estaria a jornalista que os conhecia mais do que ninguém? Em algum Encontro?
Alguns membros da emissora que cobria o jogo saíram em busca da jornalista em todos os cantos do estádio, sem sucesso. Foi quando, no corredor que dava acesso aos vestiários, um câmera encontrou o atacante, que havia acabado de sair do da imprensa, que ficava no mesmo corredor.
O câmera, cujo nome vamos manter em sigilo, conversou com o atacante e seguiu com ele para o vestiário, para ver se encontrava a musa. Sem sucesso novamente.
Minutos depois, inconformado com a situação, o câmera retornou para o setor de imprensa, e - no mesmo corredor de acesso - foi surpreendido pela presença da ótima jornalista que, curiosamente, havia saído do mesmo banheiro que o atacante. Essas são as informações dos bastidores.
Crédito ao trabalho brilhante da página "Bastidores da Bola". facebook.com/osbastidoresda… Agradecimento ao @Flavio Garage que encomendou o 🧶.
Felipe Leme
Jornalista investigativo e independente.
Follow on Twitter
Missing some tweets in this thread? Or failed to load images or videos? You can try to .